Terça-feira, Setembro 28, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioCultura“Resgate” de Mickey Fonseca estreia como primeiro filme Moçambicano na Netflix

“Resgate” de Mickey Fonseca estreia como primeiro filme Moçambicano na Netflix

- PUBLICIDADE -

Estreou ontem, quarta-feira, na Netflix, maior plataforma mundial de streaming, o primeiro filme independente e de produção nacional “Resgate”, cuja disponibilidade é para 190 países.

Já antes da estreia na Netflix, o filme foi lançado oficialmente em 2019, a nível mundial, tendo sido exibido a prior aos 18 de Julho do ano supra citado, nos cinemas de Maputo e Matola, como também em Nampula, Tete, Chimoio, Angola, Zimbabwe, Portugal, e em festivais no Burkina Faso.

A longa-metragem “Resgate” foi filmada no território Moçambicano nos anos de 2017 e 2018, tendo sido feita a edição de cor em Portugal e a edição de som na África do Sul.

Segundo o realizador e escritor do Filme, Mickey Fonseca, o resgate é uma história de amor, retrata a história de um jovem de nome Bruno, que apesar das más jogadas que a vida lhe tem feito, o anseio é estar ao lado da sua família, esposa Mia e sua filha e proporcionar um lar. Porém a falecida mãe devera uma quantia ao banco, o qual ameaçou ao Bruno de despejo caso não liquidasse-a, intimidado com a questão Bruno acaba caindo no mundo do crime. Relata também os raptos de empresários, uma realidade social que tem assolado Moçambique nos últimos anos.

O filme contou com o financiamento parcial da viacrowdfunding, e foi premiado ao título de Melhor Roteiro e Melhor Direcção de Arte no África Movie Academy Awards(AMA Awards), premiação de maior elevo no cinema africano do mundo, realizado na Nigéria anualmente.

Fonseca sente-se honrado por poder contemplar a estreia do seu filme na maior plataforma virtual audiovisual do mundo, e por ver a aceitação que o filme teve, superando até as suas expectativas. E com este “sonho realizado” ele espera que nível nacional, passeios a dar mais valor a cultura e o cinema, de modo que se “leve o país para o mundo”.

Para o autor, a ideia principal do filme é “mostrar o lado das dificuldades, de o que é capaz de levar um jovem a entrar no crime e as consequências que isso tem”, chamar as pessoas à razão, fazendo-as “pensar, reflectir um pouco sobre alguma mudança que tem de se fazer, sobre algum diálogo que se tem de ter à volta de certos aspectos para podermos melhorar e para podermos ter uma sociedade melhor. Eu queria mostrar esse lado, queria mostrar o lado das dificuldades, de o que é capaz de levar um jovem a entrar no crime e as consequências que isso tem mais à frente na vida deles.

O filme já está disponível no Netflix com dublagem em inglês.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here