Sábado, Janeiro 16, 2021
Inicio Cultura “Resgate” de Mickey Fonseca estreia como primeiro filme Moçambicano na Netflix
- PUBLICIDADE -

“Resgate” de Mickey Fonseca estreia como primeiro filme Moçambicano na Netflix

Estreou ontem, quarta-feira, na Netflix, maior plataforma mundial de streaming, o primeiro filme independente e de produção nacional “Resgate”, cuja disponibilidade é para 190 países.

Já antes da estreia na Netflix, o filme foi lançado oficialmente em 2019, a nível mundial, tendo sido exibido a prior aos 18 de Julho do ano supra citado, nos cinemas de Maputo e Matola, como também em Nampula, Tete, Chimoio, Angola, Zimbabwe, Portugal, e em festivais no Burkina Faso.

A longa-metragem “Resgate” foi filmada no território Moçambicano nos anos de 2017 e 2018, tendo sido feita a edição de cor em Portugal e a edição de som na África do Sul.

Segundo o realizador e escritor do Filme, Mickey Fonseca, o resgate é uma história de amor, retrata a história de um jovem de nome Bruno, que apesar das más jogadas que a vida lhe tem feito, o anseio é estar ao lado da sua família, esposa Mia e sua filha e proporcionar um lar. Porém a falecida mãe devera uma quantia ao banco, o qual ameaçou ao Bruno de despejo caso não liquidasse-a, intimidado com a questão Bruno acaba caindo no mundo do crime. Relata também os raptos de empresários, uma realidade social que tem assolado Moçambique nos últimos anos.

O filme contou com o financiamento parcial da viacrowdfunding, e foi premiado ao título de Melhor Roteiro e Melhor Direcção de Arte no África Movie Academy Awards(AMA Awards), premiação de maior elevo no cinema africano do mundo, realizado na Nigéria anualmente.

Fonseca sente-se honrado por poder contemplar a estreia do seu filme na maior plataforma virtual audiovisual do mundo, e por ver a aceitação que o filme teve, superando até as suas expectativas. E com este “sonho realizado” ele espera que nível nacional, passeios a dar mais valor a cultura e o cinema, de modo que se “leve o país para o mundo”.

Para o autor, a ideia principal do filme é “mostrar o lado das dificuldades, de o que é capaz de levar um jovem a entrar no crime e as consequências que isso tem”, chamar as pessoas à razão, fazendo-as “pensar, reflectir um pouco sobre alguma mudança que tem de se fazer, sobre algum diálogo que se tem de ter à volta de certos aspectos para podermos melhorar e para podermos ter uma sociedade melhor. Eu queria mostrar esse lado, queria mostrar o lado das dificuldades, de o que é capaz de levar um jovem a entrar no crime e as consequências que isso tem mais à frente na vida deles.

O filme já está disponível no Netflix com dublagem em inglês.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -
Top Stories

XipalaPala podcast

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Fundo Global doa 8,54 biliões para combater tuberculose e malária no mundo

O Fundo Global assinou 157 doações para programas de salvamento de vidas de pessoas com HIV, tuberculose e malária....

COVID-19: AU reserva 270 milhões de doses de vacina para África

A União Africana (UA) reservou 270 milhões de doses de vacina contra o novo coronavírus que serão distribuídas no...

Cirurgias de cataratas reduzem para metade em Moçambique

O número de cirurgias de catarata no país reduziu de 10 mil em 2019 para cinco mil em 2020....

Cerca de 260 milhões de pessoas fazem suas casas de escritórios no mundo

Cerca de 260 milhões de pessoas no mundo faziam suas de escritórios antes da pandemia da COVID-19. Os números...

COVID-19: África garante cerca de 300 milhões de doses da vacina

África garante cerca de 300 milhões de doses de vacina contra a COVID-19. A acção foi considerada o maior...

Fundo Global doa 8,54 biliões para combater tuberculose e malária no mundo

O Fundo Global assinou 157 doações para programas de salvamento de vidas de pessoas com HIV, tuberculose e malária. O total das doações é...

COVID-19: AU reserva 270 milhões de doses de vacina para África

A União Africana (UA) reservou 270 milhões de doses de vacina contra o novo coronavírus que serão distribuídas no continente este ano. A informação...

Cirurgias de cataratas reduzem para metade em Moçambique

O número de cirurgias de catarata no país reduziu de 10 mil em 2019 para cinco mil em 2020. Os dados foram divulgados esta...

Cerca de 260 milhões de pessoas fazem suas casas de escritórios no mundo

Cerca de 260 milhões de pessoas no mundo faziam suas de escritórios antes da pandemia da COVID-19. Os números representam 7,9 por cento do...

COVID-19: África garante cerca de 300 milhões de doses da vacina

África garante cerca de 300 milhões de doses de vacina contra a COVID-19. A acção foi considerada o maior acordo deste tipo já feito...

“Ciclone poderá atingir Moçambique nos próximos dias”, diz INAM

O país prevê ocorrência de tempestade ou ciclone nos próximos dias. O alerta foi feito esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INAM). Os...

América do Sul transforma-se em região livre do tabaco em lugares públicos

América do Sul transformou-se em região livre do tabaco em lugares públicos. O facto aconteceu após Paraguai proibir, em Dezembro, o uso de tabaco...

COVID-19: Malawi declara Estado de Desastre Nacional para conter aumento de casos

Malawi declarou Estado de Desastre Nacional por causa do aumento de infecções por COVID-19. A declaração foi feita esta terça-feira pelo presidente do Malawi,...

Aumento geral dos preços pode atingir 4,3 por cento em Moçambique

O aumento geral dos preços no país poderá acelerar de três por cento em 2020 para 4,3 por cento este ano. A previsão foi...

OMS finaliza acordos para aquisição de dois bilhões de vacinas contra COVID-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) finalizou os acordos para a compra de dois biliões de vacinas contra a Covid-19 para 190 países. A...
- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here