Segunda-feira, Outubro 18, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioEconomiaA Montepuez Ruby Mining paralisa temporariamente contratos de 60% dos colaboradores

A Montepuez Ruby Mining paralisa temporariamente contratos de 60% dos colaboradores

- PUBLICIDADE -

A empresa de exploração de rubis, Montepuez Ruby Mining (MRM), na região nortenha do país, devido as implicações do novo covid-19 li-19, suspendeu por um período determinado 1.400.

A decisão foi anunciada na semana finda, pela direcção da empresa, a qual garantiu continuar a pagar os salários dos trabalhadores, como prevê a legislação moçambicana.

Durante a conferência de imprensa, na capital do país, o director das relações corporativas da MRM, Raime Pachinuapa, garantiu que a “suspensão dos contratos foi feita mediante uma negociação com os sindicatos, para a salvaguarda dos direitos dos trabalhadores”. Não implicando essa suspensão demissões, uma vez que para a empresa os “trabalhadores são o principal activo”.

Fora da suspensão de trabalhadores, a MRM, que é a maior empresa de exploração de rubis no país, teve que cancelar um leilão que estava previsto para Junho passado. Porém a nova realidade ditada pelo coronavírus, obrigou a empresa paralisar alguns dos seus planos de expansão, nos quais é de maior elevo o projecto de construção da segunda estação de tratamento de rubis que estava orçada em 25 milhões de dólares.

 

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here