Sábado, Fevereiro 27, 2021
Inicio Histórias de Moçambique Origem do Xichangana e suas características
- PUBLICIDADE -

Origem do Xichangana e suas características

Xichangana é uma língua de origem “bantu”, falada na região sul de Moçambique, exactamente na província de Gaza e na  província de Maputo, nos distritos de Magude, Moamba e em algumas localidades ou arredores do distrito da Manhiça. Nesse caso tratar-se-á da comunidade de Maputo.

Xichangana é uma língua que pertence a zona S, grupo linguístico S50-Tsonga, do código linguístico S53. É uma das diversidades da língua “bantu”com traços de parentesco com outras da mesma origem, além disso é uma língua de classe e de concordância.

Quanto á religião está mais ligada a religião cristã, Zione/ Sião, Católica, Evangélica/ Pentecostal, Islâmica e Anglicana.

Comparando os censos de 1997 e 2007, verifica-se redução no número de pessoas que dizem não pertencer a qualquer seita religiosa, passando de 15,9% em 1997 para 14,3% em 2007.

Foi verificado também redução no número de pessoas pertecentes a  Igreja Zione, uma seita religiosa que constitui uma miscelânea entre o cristianismo e crenças animistas tradicionais, de 38,7% em 1997 para 25,2% em 2007.

O número de católicos, por sua vez, aumentou de 21,6% em 1997 para 23,1% em 2007. Os muçulmanos passaram de 4,6% para 5,3%, enquanto que os protestantes dobraram de 1997 para 2007, atingindo 21,2%.

Os machanganas são exímios dançarinos, possuindo por isso mesmo, um vasto leque de danças: Xigubo, Ngalanga, Xingomani, Makuaela e Makuai.

Os machanganas possuem uma gastronomia própria, que varia da matapa, cacana, xiguinha, macofo (couve) e nhangana.

A matapa é feita a partir de mandioca e água de coco e amendoim. A cacana, é usada para a alimentação e para fins medicinais, sobre tudo em infusão. E é muito usada pelas mulheres amamentando, pois acredita-se possuir propriedades que aumentam capacidade da mulher produzir leite.

A xiguinha é preparada a partir de tubérculos de mandioca e folhas de cacana, feijão nhemba e fruta de cacana. No texto a seguir vamos nos debruçar sobre casamentos, lobolo e cerimónias fúnebres dos machangas.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -
Top Stories

XipalaPala podcast

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

MDM diz que “não há espaço” para indicação de presidente interino

O PORTA-VOZ do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Sande Carmona, disse ontem (25) que não há espaço para indicação...

COVID-19: AstraZeneca produz fora da UE metade das doses a dar à União Europeia

A farmacêutica AstraZeneca está a trabalhar a nível global para garantir a entrega de 180 milhões de doses de...

Cresce o nível de insegurança na República Centro-Africana

O nível de segurança de mulheres e jovem contínua longe do desejável na República Centro-Africana (RCA),considera a directora do...

COVID-19: Moçambique recebe as primeiras 200 mil doses da vacina

Moçambique recebeu esta quarta-feira, as primeiras doses de vacinas para a imunização contra a COVID-19. Nesta fase a prioridade...

Aumentam as taxas de insegurança alimentar em alguns países centro-americanas

As taxas de insegurança alimentar subiram em 400 por cento em quatro nações centro-americanas desde 2018. Trata-se de El...
- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here