Terça-feira, Setembro 28, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioDestaqueCerca de quinhentas mil pessoas poderão ser afectadas por inundações no país

Cerca de quinhentas mil pessoas poderão ser afectadas por inundações no país

Cerca de 500 mil pessoas estão em risco, devido à possibilidade da ocorrência de cheias nas principais bacias hidrográficas do país, com maior incidência nas regiões centro e norte, durante a época chuvosa que se avizinha.

- PUBLICIDADE -

Cerca de 500 mil pessoas estão em risco, devido à possibilidade da ocorrência de cheias nas principais bacias hidrográficas do país, com maior incidência nas regiões centro e norte, durante a época chuvosa que se avizinha. A previsão foi divulgada ontem, em Maputo, no VII Fórum Nacional de Antevisão Climática (FNAC), no qual foram apresentados os cenários hidrológicos e climáticos bem como os seus impactos. As cidades de Maputo, Matola, Beira, Quelimane e Pemba poderão ser as mais afectadas por inundações urbanas, durante a época chuvosa que se inicia em Outubro próximo.

De acordo com a Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, a época chuvosa 2020/2021, poderá provocar igualmente o transbordo de algumas bacias hidrográficas do país. Segundo Agostinho Vilankulos da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, o sector já identificou os lugares vulneráveis e críticos que deverão ser intervencionados para se evitar o pior. O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades afirma ter capacidade financeira e de recursos humanos para responder às necessidades que possam surgir com as inundações previstas para a próxima época chuvosa.

SABIA QUE…
As vacinas evitam a morte de 2 a 3 milhões pessoas anualmente? Segundo a Organização Mundial da Saúde se os serviços de vacinação fossem alargados, poderiam ser salvas mais de 1,5 milhões de vidas. A vacinação é um serviço clínico preventivo recomendado a praticamente todas as crianças do mundo. A administração adequada de uma vacina em dose única ou em uma série de doses geralmente confere uma imunização as crianças. Durante a pandemia, as autoridades da saúde aconselham para que os pais não deixem de levar as crianças as consultas de crescimento e cumpram com o calendário nacional de vacinação.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here