Terça-feira, Setembro 28, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasAssassinato de Anastácio Matavele: seis polícias condenados a prisão

Assassinato de Anastácio Matavele: seis polícias condenados a prisão

- PUBLICIDADE -

Nesta quinta-feira, 18/06, seis policias acusados de assassinar o Activista social  Matavel, Foram condenados, a cumprir pena que varia de 3 à 24 anos de prisão, e terão de indemnizar cerca de 1,5 milhões de meticais  a família.  No Tribunal Judicial da Província de Gaza, a juíza Ana Liquidão disse que ficou provado em tribunal o cometimento de diversos crimes pelos seis polícias condenados tais como: falsificação de documentos; homicídio qualificado e associação delinquente.

Alfredo Macuacua, Comandante da UIR em Gaza, condenado à 24 anos; a mesma pena foi aplicada a Tudelo Guirugo, Comandante da Companhia da GOE e Edson Silica, patrulheiro da GOE. Enquanto que ao Euclides Mapulasse, Patrulheiro também da GOE, foi aplicada pena de 23 anos, todos de prisão maior. Foram condenados também a prisão fechada, dois agentes da UIR, Januário Rungo, Chefe de Estado-Maior e Justino Muchanga, Chefe da Secção de Armamento, ambos a 3 anos.

O sétimo arguido, Ricardo Manganhe, foi absorvido por insuficiência de provas.

Ana Liquidão, sustenta que os arguidos agiram por “conta e risco próprio” e não ao serviço do Estado o que isenta o Estado de qualquer pagamento.

Esteve presente no julgamento, o filho do malogrado, Ercílio Anastácio Matavel.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here