Autoridades alertam para intensificação de transmissão em Moçambique

O país atingiu ontem o cumulativo de 5.482 casos declarados após 115.588 testes, o que eleva a taxa de resultados positivos para 4,74 por cento

0
181

De acordo com o Ministério da Saúde, o país registou, nas últimas duas semanas, o maior aumento de infecções pela COVID-19 e da percentagem de testes positivos. O país atingiu ontem o cumulativo de 5.482 casos declarados após 115.588 testes, o que eleva a taxa de resultados positivos para 4,74 por cento.

Nampula Covid 19

O número de mortes, 35, equivale a 0,6 por cento dos casos registados. De acordo com a análise epidemiológica, só nos primeiros 14 dias de Setembro, dos 19,201 testes, 1.566 deram positivos, o que corresponde a uma taxa de positivos de 8 por cento, a taxa dos casos positivos dos 14 dias é superior à de qualquer outro mês. O mesmo acontece com a taxa de letalidade estimada a 0,8 por cento, superior aos meses anteriores, exceptuando maio. No mesmo período, 40 pessoas foram hospitalizadas devido a doença, número que também é superior ao de qualquer outro mês. A análise epidemiológica refere ainda que, na cidade de Maputo, a transmissão do vírus “continua num ritmo inquietante, tornando-se essencial o reforço das medidas de prevenção e controlo. Ainda assim, o cumulativo de curados é de 3.094, o que representa 55 por centos do total de casos positivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui