Segunda-feira, Setembro 27, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasMoçambique é o segundo país com maior exposição a choques ecológicos

Moçambique é o segundo país com maior exposição a choques ecológicos

Moçambique é o segundo país no mundo com maior exposição a choques ecológicos. De acordo com o Registo de Ameaças Ecológicas, publicado ontem, pelo Instituto para Economia e Paz da Austrália, Moçambique poderá enfrentar cinco ameaças ambientais até 2050, estando apenas atrás do Afeganistão que poderá enfrentar seis.

- PUBLICIDADE -

Moçambique é o segundo país no mundo com maior exposição a choques ecológicos. De acordo com o Registo de Ameaças Ecológicas, publicado ontem, pelo Instituto para Economia e Paz da Austrália, Moçambique poderá enfrentar cinco ameaças ambientais até 2050, estando apenas atrás do Afeganistão que poderá enfrentar seis. A análise das ameaças ecológicas centra-se na verificação do registo de catástrofes naturais, escassez de recursos e no seu impacto na vida das populações.

O país é também apontado como um dos “países mais frágeis” e mais susceptíveis de entrar em colapso devido à grande exposição a estas ameaças e à pouca capacidade de resiliência. Além disso, o país está entre os 12 países da África Subsaariana, com maior prevalência de insegurança alimentar. Estima-se que 65 por cento da população moçambicana vivia em insegurança alimentar em 2018. Moçambique é o sétimo país com maior número de deslocados devido a desastres naturais. O número de ronda os 500 mil. As ameaças ecológicas avaliadas pelo índice foram o stresse hídrico, insegurança alimentar,secas,inundações, ciclones, subida de temperatura,subida do nível do mar e crescimento populacional.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here