Terça-feira, Setembro 28, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasPoderá agravar a Crise de Transporte com a Retoma das aulas Presenciais

Poderá agravar a Crise de Transporte com a Retoma das aulas Presenciais

- PUBLICIDADE -

A Federação Moçambicana dos Transportes Rodoviários (FEMATRO), prevê um agravamento Na falta de transporte, com a retoma das aulas presenciais no país, ainda sem data anunciada.

Para a Federação, a crise devera-se ao facto dos transportes carregarem actualmente um número reduzido de passageiros, colocando assim os cidadãos a mercê de infecção pelo novo coronavírus, devido à exposição em locais aglomerados como nas paragens e terminais. E esta falta de transporte poderá nesta fase da retoma das aulas, colocar também as crianças vulneráveis a infecção, pela longa espera  em filas nas vias públicas.

Segundo Castigo Nhamane, presidente da FEMATRO, ” Não havendo reorganização por parte do nosso Ministério, tal como ouvimos ser preciso que cada sector se organize, o regresso às aulas vai criar um caos, porque nós estamos a cumprir com a lotação exigida, mas mesmo assim, há aglomerações nas paragens e sobretudo quando chegam os autocarros para levar os passageiros” a desordem e luta para apanhar o autocarro sempre se faz sentir.

Para minimizar a carência nesse retorno às aulas, Nhamane sugeriu o aumento da lotação, dos 50 para 70 passageiros nos Fematros. ” Um plano da parte da Federação sem resposta daquilo que são as preocupações do sector, pensamos que será difícil. Portanto, vamos chamar as crianças para ficarem mais tempo na rua, uma atrás da outra, sem o transporte, sobretudo, para o caso de crianças que vivem longe das terminais de transporte”.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here