Quinta-feira, Setembro 16, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasMais da metade dos problemas de perda auditiva podem ser evitáveis

Mais da metade dos problemas de perda auditiva podem ser evitáveis

- PUBLICIDADE -

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 466 milhões de pessoas em todo o mundo, o correspondente a 5 por cento da população, têm perda auditiva, e o número deverá aumentar para 900 milhões até 2050. Segundo a OMS, actualmente 34 milhões de crianças apresentam surdez ou perda auditiva, dos quais 60 por cento dos casos são por causas evitáveis.

Aproximadamente um terço das pessoas com mais de 65 anos são afectadas pela perda auditiva, a maior parte dos casos no Sul da Ásia, Pacífico Asiático e África Subsaariana. Muitos dos impactos da perda auditiva podem ser mitigados por meio de detecção e intervenções precoces. O trabalho inclui programas de educação especializada e ensino de línguas de sinais para crianças com deficiência auditiva e suas famílias. A OMS defende que os aparelhos auditivos, implantes, e outros dispositivos podem ajudar pessoas com perda auditiva em qualquer idade. As pessoas também podem beneficiar-se de terapia da fala, reabilitação auditiva e outros serviços relacionados. A OMS estima que a produção global de aparelhos auditivos cobre apenas 3 por cento das necessidades nos países de baixa ou média renda. 10 de Agosto de 2020

SABIA QUE…

O uso excessivo de fones de ouvido causa danos ao canal auditivo? Usar fones de ouvido por demasiado tempo ou com volume alto pode prejudicar seriamente a nossa audição. Esse hábito estressa as células da orelha e pode levar, progressivamente, a perdas auditivas que são irreversíveis. Para manter a saúde auditiva, é preciso ficar atento ao tempo de uso, nível do volume e também o tipo de fone usado.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here