Segunda-feira, Agosto 8, 2022
- PUBLICIDADE -
InícioSaúdeMais da metade dos problemas de perda auditiva podem ser evitáveis

Mais da metade dos problemas de perda auditiva podem ser evitáveis

- PUBLICIDADE -

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 466 milhões de pessoas em todo o mundo, o correspondente a 5 por cento da população, têm perda auditiva, e o número deverá aumentar para 900 milhões até 2050. Segundo a OMS, actualmente 34 milhões de crianças apresentam surdez ou perda auditiva, dos quais 60 por cento dos casos são por causas evitáveis.

MISAU promove campanha de reabilitacao auditiva a criancas articleimage

Aproximadamente um terço das pessoas com mais de 65 anos são afectadas pela perda auditiva, a maior parte dos casos no Sul da Ásia, Pacífico Asiático e África Subsaariana. Muitos dos impactos da perda auditiva podem ser mitigados por meio de detecção e intervenções precoces. O trabalho inclui programas de educação especializada e ensino de línguas de sinais para crianças com deficiência auditiva e suas famílias. A OMS defende que os aparelhos auditivos, implantes, e outros dispositivos podem ajudar pessoas com perda auditiva em qualquer idade. As pessoas também podem beneficiar-se de terapia da fala, reabilitação auditiva e outros serviços relacionados. A OMS estima que a produção global de aparelhos auditivos cobre apenas 3 por cento das necessidades nos países de baixa ou média renda. 10 de Agosto de 2020

SABIA QUE…

O uso excessivo de fones de ouvido causa danos ao canal auditivo? Usar fones de ouvido por demasiado tempo ou com volume alto pode prejudicar seriamente a nossa audição. Esse hábito estressa as células da orelha e pode levar, progressivamente, a perdas auditivas que são irreversíveis. Para manter a saúde auditiva, é preciso ficar atento ao tempo de uso, nível do volume e também o tipo de fone usado.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui