Domingo, Março 7, 2021
Inicio Notícias Covid-19: Primeiro lote de vacinas chega esta semana a Moçambique
- PUBLICIDADE -

Covid-19: Primeiro lote de vacinas chega esta semana a Moçambique

Moçambique vai receber até ao fim deste mês de Fvereiro, o seu lote de vacinas contra o covid-19, destinado preferencialmente aos profissionais de saúde, por ser o grupo mais exposto à doença.

As vacinas chegam ao país através da plataforma covax da Gavi, de que Moçambique faz parte.

Segundo a directora nacional-adjunta de saúde pública, Benigna Matsinhe, as vacinas irão gradualmente chegar a toda a população, entretanto, a prioridade ‘e dada aos grupos que estão na linha da frente, relativamente aos níveis de exposição ao covid-19.

“Primeiro é o grupo dos trabalhadores da saúde, depois vamos criando outros grupos, militares, polícias e por ai em diante, até conseguirmos vacinar toda a população ilegível para a vacina”, frisou.

Não tendo sido revelado qual o fabricante da vacina que chegará ao país nos próximos dias, há duas fortes hipóteses a esse respeito: a mais provável é que seja a da Oxford AstraZeneca, licenciada em mais de 50 países em quatro continentes e que apresenta várias vantagens para contextos como o de Moçambique; ou então, numa hipótese mais remota, que sejam as vacinas chinesas da Sinovac Biotech, China National Pharmaceutical Group (Sinopharm)  e Cansino Biologis que já estão a ser distribuídas em vários países, entre eles Brasil, Indonésia, Turquia e Emirados Árabes Unidos. Recorde-se que, no início de Fevereiro, estas empresas Chinesas se candidataram para integrar a plataforma Covax, comprometendo-se em entregar dez milhões de vacinas.

No entanto, de acordo com a Reuters, a OMS ainda está a analisar as solicitações das fabricantes Chinesas e não consegue tomar decisões sobre as vacinas fabricadas por Sinopharm e Sinovac antes de Março, de acordo com um documento interno da Covax visto pela Reuters pelo que, se as vacinas que chegam a Moçambique provêm da iniciativa Covax, deverão mesmo ser da AstraZeneca.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -
Top Stories

XipalaPala podcast

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

COVID-19: UNICEF emite alerta para saúde mental de 330 milhões de crianças e adolescentes

Cerca de 330 milhões de crianças e adolescentes confinados no contexto da pandemia da COVID-19 correm risco de desenvolver...

África CDC espera treinar 150 epidemiologistas no continente africano

Cento e cinquenta epidemiologistas serão treinados para aumentar a capacidade das instituições de saúde em África. A iniciativa divulgada,...

PMA prevê expandir ajuda a cerca de 500 mil pessoas em Cabo Delgado

O Programa Mundial de Alimentação (PMA) prevê expandir ajuda a cerca de 500 mil pessoas afectadas pela crise humanitária...

Moçambique espera vacinar 16 milhões de pessoas até 2022

Moçambique quer vacinar 16 milhões de pessoas contra a covid-19 até 2022, meta que corresponde a toda a população...

Cidadão morto por rejeitar cerimónia tradicional em Mandlakazi

Um cidadão de 60 anos de idade foi morto à catanada pelo seu próprio filho, de 27 anos, no...
- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here