Domingo, Março 7, 2021
Inicio Notícias Tempestade Guambe ameaça chegar a ciclone e afetar sul de Moçambique
- PUBLICIDADE -

Tempestade Guambe ameaça chegar a ciclone e afetar sul de Moçambique

A tempestade tropical Guambe poderá crescer e transformar-se num ciclone, afetando a costa sul de Moçambique até domingo, anunciou hoje o centro meteorológico francês do oceano Índico.

“Os impactos em termos de ventos e chuvas fortes deverão acontecer sobretudo no sul de Moçambique até domingo” e “os habitantes devem seguir indicações fornecidas pelas autoridades”, alerta o serviço.

A intempérie, que está a cerca de 250 quilómetros da costa, não deverá entrar em terra, avançando para sul com o epicentro sobre o mar alto, mas suficientemente próximo para causar estragos.

O aviso coincide com outro já emitido na quarta-feira pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inam) moçambicano para chuvas muito acima da média (mais de 100 milímetros em 24 horas) na província de Inhambane.

Segundo as previsões do Inam, as províncias de Manica, Sofala e Zambézia, no centro, também deverão ser afetadas.

A aproximação da tempestade Guambe acontece depois de o país já ter sido fustigado em poucas semanas por outras depressões atmosféricas que têm causado inúmeras inundações.

Moçambique está em plena época chuvosa e ciclónica, que ocorre entre os meses de outubro e abril, com tempestades oriundas do Índico e cheias com origem nas bacias hidrográficas da África Austral.

Este ano milhares de pessoas já foram afetadas.

As mais graves foram a tempestade Chalane, no final de 2020, e o ciclone Eloise, em janeiro, com um balanço oficial total de 19 mortos, mas relatos de autoridades locais apontam para o dobro.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -
Top Stories

XipalaPala podcast

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

COVID-19: UNICEF emite alerta para saúde mental de 330 milhões de crianças e adolescentes

Cerca de 330 milhões de crianças e adolescentes confinados no contexto da pandemia da COVID-19 correm risco de desenvolver...

África CDC espera treinar 150 epidemiologistas no continente africano

Cento e cinquenta epidemiologistas serão treinados para aumentar a capacidade das instituições de saúde em África. A iniciativa divulgada,...

PMA prevê expandir ajuda a cerca de 500 mil pessoas em Cabo Delgado

O Programa Mundial de Alimentação (PMA) prevê expandir ajuda a cerca de 500 mil pessoas afectadas pela crise humanitária...

Moçambique espera vacinar 16 milhões de pessoas até 2022

Moçambique quer vacinar 16 milhões de pessoas contra a covid-19 até 2022, meta que corresponde a toda a população...

Cidadão morto por rejeitar cerimónia tradicional em Mandlakazi

Um cidadão de 60 anos de idade foi morto à catanada pelo seu próprio filho, de 27 anos, no...
- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here