Segunda-feira, Setembro 20, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioInternacionalÁfrica Ocidental enfrenta a pior crise alimentar da década

África Ocidental enfrenta a pior crise alimentar da década

- PUBLICIDADE -

A África Ocidental poderá enfrentar a pior crise de fome da década entre junho e agosto do próximo ano, com um total de 28 milhões de pessoas afectadas. O alerta foi emitido na semana passada pelo Sahel and West Africa Club, durante uma reunião virtual com representantes de governos de 15 nações da região e doadores internacionais.

Segundo o órgão, a região do continente africano precisa de assistência humanitária urgente para mais de 17 milhões de pessoas. A agência apontou os ataques dos grupos armados como factores que agravam a crise alimentar na região.

Só para se ter uma ideia, em 2012, os conflitos no Mali, Burkina Faso e Níger deslocaram mais de 3,5 milhões de pessoas. Segundo os especialistas da agência, o aquecimento global e a pandemia do novo coronavírus também agravaram a crise.

O comissário de agricultura do bloco regional da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, Sekou Sangare, disse que as mudanças climáticas e a pandemia interromperam a agricultura e a cadeia de abastecimento dos mercados, tendo levado a uma grande perda de empregos no continente.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here