Segunda-feira, Setembro 20, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioInternacionalÁfrica regista redução de diagnósticos de malária em 31%

África regista redução de diagnósticos de malária em 31%

- PUBLICIDADE -

Os diagnósticos de malária reduziram em 31 por cento em África devido aos impactos da pandemia da COVID-19. Os dados constam do último relatório do Fundo Global sobre a Luta Contra HIV, Tuberculose e Malária.

O continente africano é a região com maior índice da doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 94 por cento das mortes por malária no mundo, em 2019, ocorreram em África.

A informação surge numa altura em que cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, descobriram vacina contra a malária com eficácia de 77 por cento. A vacina é a primeira a atingir a meta de eficácia recomendada pela OMS.

A investigadora e directora executiva do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa, Maria Manuel Mota, disse que espera que a vacina chegue as regiões com maior índice da doença, onde usa[1]se apenas redes mosquiteiras e administram vacinas quando as pessoas ficam doentes. Em África, a cada ano, a doença mata 400 mil pessoas.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here