Segunda-feira, Setembro 27, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotícias‘’Cabo Delgado continua com segurança fragilizada’’, diz o ACNUR

‘’Cabo Delgado continua com segurança fragilizada’’, diz o ACNUR

- PUBLICIDADE -

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) diz que a situação de segurança continua instável na província de Cabo Delgado, que resultou em mais de meio milhão de deslocados internos.

A organização defende que existem em Moçambique um pouco mais de 530 mil deslocados internos nas províncias de Cabo Delgado, Nampula e Niassa. As suas principais necessidades estão relacionadas com a falta de abrigo e de acesso aos serviços básicos.

De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados o acesso a alguns distritos afectados por ataques de insurgentes continua difícil para as agências das Nações Unidas e outros actores humanitários. Com o início da época chuvosa, surge o risco de cólera, havendo já casos desta doença que foram diagnostificados.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here