Segunda-feira, Setembro 20, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioInternacional COVID-19: União Africana vai continuar a monitorar os efeitos colaterais das vacinas...

 COVID-19: União Africana vai continuar a monitorar os efeitos colaterais das vacinas em África

- PUBLICIDADE -

A União Africana anunciou, esta quarta-feira, que vai continuar a monitorar os efeitos contrários depois da administração de vacinas contra a COVID-19. De acordo com o comunicado do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), as vacinas continuam a ser a única ferramenta para prevenir casos graves e mortes por COVID-19.

O África CDC assegura que o acesso rápido a vacina é fundamental para a estratégia de vacinação pela União Africana para alcançar o controlo da pandemia. De acordo com este organismo da União Africana, a África do Sul é o único dos 55 Estados-membros a administrar actualmente a vacina da Janssen contra a COVID-19.

A fórmula foi registada pela autoridade sul[1]africana reguladora dos produtos farmacêuticos a 6 de Abril e, até agora, 290 mil doses foram administradas. Nesta terça-feira, o ministro da Saúde da África do Sul anunciou que apesar do país não ter registado qualquer caso de formação de coágulos sanguíneos ou de tromboses, iria suspender a administração da vacina como medida de precaução.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here