Segunda-feira, Outubro 18, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioSociedadeDeslocados em Cabo Delgado devem depender de algum tipo de assistência alimentar

Deslocados em Cabo Delgado devem depender de algum tipo de assistência alimentar

Mais de 800 mil pessoas efectadas pelo terrorismo em Cabo Delgado devem depender de algum tipo de assistência alimentar mensal até Junho do próximo ano.

- PUBLICIDADE -

Mais de 800 mil pessoas efectadas pelo terrorismo em Cabo Delgado devem depender de algum tipo de assistência alimentar mensal até Junho do próximo ano. O aviso foi feito através de um relatório da Rede de Alerta Antecipado de Fome, publicado na última sexta-feira.

Segundo a Rede, mesmo havendo regresso das populações às suas zonas de origem causado pela limitação nos recursos, as necessidades de assistência alimentar de emergência continuarão altas.

O Programa Mundial das Nações Unidas para Alimentação (PAM) é a entidade que mais fornece assistência alimentar em Cabo Delgado. Mensalmente, o PAM fornece rações equivalentes a 39 por cento das necessidades energéticas de cada beneficiário.

O conflito já provocou mais de 3.100 mortes, segundo o projecto de registo de conflitos ACLED, e mais de 817 mil deslocados, segundo as autoridades moçambicanas. Desde julho, uma ofensiva das Forças de Defesa de Moçambique, do Ruanda e posteriormente da SADC permitiu aumentar a segurança, recuperando várias zonas onde os terroristas haviam tomado com destaque para Mocímboa da Praia.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here