Quinta-feira, Setembro 16, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasEfeitos da COVID-19: Mais de 8 milhões de pessoas perderam emprego na...

Efeitos da COVID-19: Mais de 8 milhões de pessoas perderam emprego na África do Sul

- PUBLICIDADE -

Cerca de 8 milhões de pessoas viram-se desempregados, entre Abril e Junho do ano em curso, na vizinha África do Sul, devido aos efeitos nefastos da pandemia da COVID-19, deste número, 3 milhões são mulheres. Este é o novo recorde da taxa de desemprego, que passa a situar-se nos 34 por cento.

Os dados foram publicados esta terça-feira pela Agência sul-africana de estatísticas, por meio de um comunicado. Segundo a instituição, o desemprego aumentou 1,8 por cento, passando de 32,6 por cento no primeiro trimestre de 2021 para 34,4 por cento, no segundo trimestre.

Actualmente, a África do Sul, cuja economia foi duramente abalada pela COVID-19, conta com cerca de 8 milhões de desempregados de uma população de 59 milhões. Os desempregos foram particularmente registados nos sectores das finanças e indústria, sendo que as mulheres negras são as mais afectadas. Em geral, as mulheres são as mais afectadas, na ordem 36,8 por cento, contra 32,4 por cento de homens.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here