Quinta-feira, Setembro 23, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasEstudo revela que sintomas de longa duração da COVID-19 são raros em...

Estudo revela que sintomas de longa duração da COVID-19 são raros em crianças

- PUBLICIDADE -

Sintomas de longa duração da COVID-19 são raros em crianças. Esta é a principal conclusão de um estudo publicado esta terça-feira na revista científica The Lancet.

O estudo revela que a maior parte das crianças que testam positivo para a COVID-19 recupera em menos de uma semana e apenas algumas manifestam os sintomas mais comuns após um mês, o que significa, que os sintomas mais persistentes da doença são mais comuns em adultos do que em crianças.

O estudo realizado no Reino Unido envolveu 1.734 crianças entre cinco e 17 anos de idade. Os pesquisadores da King’s College, que fizeram parte do estudo, chegaram à conclusão após analisarem dados relatados pelos pais e cuidadores de pouco mais de 250 mil crianças, entre 1 de Setembro de 2020 e 22 de Fevereiro de 2021.

Os resultados mostraram que, no geral, essas crianças ficaram doentes por uma média de seis dias e apresentaram em média três sintomas. Apenas 4,4 por cento dos pequenos ficaram doentes por um período superior a quatro semanas. Menos de dois por cento apresentaram sintomas por mais de oito semanas.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here