Quinta-feira, Dezembro 2, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioSociedadeMetade da população da Zambézia ignora serviços de saúde

Metade da população da Zambézia ignora serviços de saúde

Cerca de quarenta e cinco por cento das pessoas não usam os serviços de saúde na província de Zambézia. Os dados constam do Inquérito sobre o Orçamento Familiar (IOF), referente ao período 2019-2020.

- PUBLICIDADE -

Cerca de quarenta e cinco por cento das pessoas não usam os serviços de saúde na província de Zambézia. Os dados constam do Inquérito sobre o Orçamento Familiar (IOF), referente ao período 2019-2020. As pessoas que não fizeram consultas apontam como principais razões, a falta de transporte, o facto dos centros de saúde estarem distantes e porque as pessoas acham que não é necessário.

João Amós, faz parte dessa estatística. Residente em Milange, na Zambézia, a oito quilômetros do Centro de Saúde local, conta que por diversas vezes não conseguiu chegar ao hospital devido à distância. Amós acrescentou que houve ocasiões em que sequer cogitou a possibilidade de lá ir.

No computo geral, um terço das pessoas em Moçambique não tem acesso aos serviços de saúde. Os dados indicam que, dos 6.495 indivíduos que se referiram à necessidade de saúde, 1.785, o que corresponde a 32,6 por cento, não consultaram um agente de saúde, instituição de saúde ou médico tradicional, enquanto os demais 4.711, correspondente a 67,4 por cento declararam utilizar algum tipo de serviço profissional de saúde.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here