Quinta-feira, Setembro 23, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioNotíciasPaíses africanos mais afectados por HIV apresentam melhor progresso no combate à...

Países africanos mais afectados por HIV apresentam melhor progresso no combate à doença

- PUBLICIDADE -

Vinte e um países do continente africano com maior número de novas infecções por HIV no mundo apresentaram melhor progresso no combate à doença em crianças e mulheres grávidas entre 2015 e 2020, comparado com os países com menos casos.

Nesse período, os 21 países, onde Moçambique, Angola, África do Sul e Zimbabwe fazem parte da lista, registaram uma redução de 24 por cento em novas infecções por HIV entre crianças, contra uma redução de 20 por cento globalmente.

Os dados são do relatório do Programa das Nações Unidas para HIV/SIDA (ONUSIDA), denominado “Fique livre, livre do SIDA”. De acordo com o relatório, os resultados satisfatórios no combate às novas infecções são ganhos obtidos a partir da cobertura de tratamento para mulheres grávidas.

Os países trataram nove a cada 10 mulheres grávidas infectadas por HIV. Botswana e Moçambique são os melhores classificados na cobertura de tratamento anti-retroviral para mulheres grávidas. Moçambique, por exemplo, entre 2017 e 2019, a cobertura de tratamento alcançou todas as mulheres grávidas diagnosticadas com HIV.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here