Quinta-feira, Dezembro 2, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioTecnologiaQuarenta e cinco por cento dos agregados familiares em Moçambique consomem sal...

Quarenta e cinco por cento dos agregados familiares em Moçambique consomem sal iodado

O sal ideal para o consumo ainda é novidade para muitas famílias moçambicanas, apesar da sua produção. Segundo o Ministério da Saúde (MISAU), apenas 45 por cento dos agregados familiares no país, consomem sal iodado.

- PUBLICIDADE -

O sal ideal para o consumo ainda é novidade para muitas famílias moçambicanas, apesar da sua produção. Segundo o Ministério da Saúde (MISAU), apenas 45 por cento dos agregados familiares no país, consomem sal iodado. O Iodo é um micronutriente importante para o desenvolvimento do sistema nervoso e físico do corpo humano.

A deficiência de Iodo, associada à desnutrição crónica que, afecta quase metade das crianças menores de 5 anos de idade em Moçambique, torna a situação das famílias ainda mais complicada.

Em mulheres grávidas, a deficiência de iodo é conhecida por atrasar o desenvolvimento do feto, tendo como resultado o nascimento de crianças com graves atrasos mentais e físicos (cretinismo), mal formações congénitas, bem como a manifestação clínica mais visível o bócio. Nesta edição do programa Saúde e Vida conheça os benefícios do consumo do sal iodado e saiba como incluir este micronutriente na dieta alimentar.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here