Segunda-feira, Outubro 18, 2021
- PUBLICIDADE -spot_img
InicioSociedadeZambézia continua com a taxa mais elevada de analfabetismo do país

Zambézia continua com a taxa mais elevada de analfabetismo do país

- PUBLICIDADE -

A província da Zambézia continua com a taxa mais elevada de analfabetismo do país. As mulheres apresentam uma taxa de 71.9 por cento e os homens contribuem com uma taxa de 53.9 por cento. Os dados foram partilhados pela Direcção Provincial da Educação.

Aída Sabonete, é natural de Nicoadala, tem 22 anos e é vendedeira no mercado de Xiquelene na cidade de Maputo, conta que nunca chegou a frequentar à escola, por isso não sabe ler, apenas aprendeu a contar e fazer cálculos básicos por conta da actividade que exerce no seu dia-a-dia.

A semelhança da Aída, Helder Joaquim, vendedor ambulante não sabe ler nem escrever, conta que deixou a escola para buscar uma oportunidade de vencer na vida na capital do país. Este ano, foram matriculados 3.643 alfabetizandos, contra cerca de 82.260 alunos em 2020. Em suma, dos mais de 5 milhões de habitantes que a Zambézia possui, de acordo com dados do censo populacional de 2017, destes 53.9 por cento não sabem ler e escrever, ou seja são analfabetos.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao se inscrever no nosso newsletter, você concorda com nossos Termos de uso e Política de privacidade.

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img
spot_img
- PUBLICIDADE -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here